V de Vingança o anti-herói…?

“Voilà! À vista, um humilde veterano vaudevilliano, apresentado vicariamente como ambos vítima e vilão pelas vicissitudes do Destino. Esta visagem, não mero verniz da vaidade, é ela vestígio da vox populi, agora vacante, vanescida, enquanto a voz vital da verossimilhança agora venera aquilo que uma vez vilificaram. Entretanto, esta valorosa visitação de uma antiga vexação, permanece vivificada, e há votado por vaporizar estes venais e virulentos verminados vanguardeiros vícios e favorecer a violentamente viciosa e voraciosa violação da volição. O único veredito é a vingança, uma vendeta, mantida votiva,não em vão, pelo valor e veracidade dos quais um dia deverão vindicar os vigilantes e os virtuosos. Verdadeiramente, esta vichyssoise de verbosidade vira mais verbose vis-a-vis uma introdução, então é minha boa honra conhecê-la e você pode me chamar de V.”

A Máscara de Fawkes

“Você usa tanto uma máscara que acaba esquecendo de quem você é”

Quem escuta o nome da obra de Alan Moore sabe exatamente a primeira imagem que lhe vem a mente. Essa máscara foi um simbolo de protesto por séculos, o contexto histórico dela é mencionado tanto no Romance Gráfico (DComics 1982 e 1983), quanto no filme (Warner Bros 2005).  Sendo a máscara de Guy Fawkes, também conhecido como Guido Fawkes  que foi um católico revolucionário que foi capturado por ter posse de muita pólvora, Fawkes permaneceu irredutível e desafiante durante seu interrogatório, dizendo ser “John Johnson” e negando-se a fornecer informações aos seus captores. Quando lhe perguntaram o motivo de estar em posse de tanta pólvora, respondeu que a pólvora era “para explodir todos vocês, desgraçados bêbados de scotch de volta para as montanhas sujas de onde vieram”. Fawkes admitiu sua intenção de explodir o parlamento e lamentou seu fracasso. Sua coragem acabou rendendo certa admiração por parte do rei, que o descreveu como “um homem de resolução romana”.   Guy Fawkes era o responsável por guardar os barris de pólvora que seriam utilizados para explodir o Parlamento durante a sessão. Fawkes e os demais conspiradores foram condenados à morte por decapitação e depois serem estripados e esquartejados. 

“Remember, remember, the 5th of November

The gunpowder, treason and plot;

I know of no reason, why the gunpowder treason

Should ever be forgot.”

“Lembrai, lembrai, o cinco de novembro
A pólvora, a traição e a conspiração;
Não conheço nenhuma razão para que a traição de pólvora;
Deva ser esquecida algum dia.

O Movimento Anarquista lado a lado com V

“A anarquia ostenta duas faces. A de Destruidores e a de Criadores. Os Destruidores derrubam impérios, e com os destroços, os Criadores erguem Mundos Melhores.”

A história se passa em um futuro distópico e pós-apocalíptico de 1997 no Reino Unido, em que um misterioso Revolucionário tenta destruir o Estado, através de ações diretas. Citando Shakespeare, ouvindo música clássica e sendo o homem que dá a impressão de que a morte e a revolução são as maiores glórias a serem conquistadas V de vingança prova que seu ideal é maior que a morte e fazendo o povo abrir os olho com um futuro comandado pela TV os olhos vendados pela política e a censura comandando a sua noção de certo e errado. É claro que está implícito, mas muito bem colocado o simbolo da anarquia nos filmes e quadrinhos  sendo que o protagonista carrega em seu nome a marca.

sem-titulo

E também, depois dessas muitas ideias, nasceram grupos que se inspiraram nos belos contos, criando movimentos de revolta por toda web um grupo de Hackers chamado Anonymous, ameaçou até derrubar o site Fox News e fez boas ações revelando o IP de grupos que propagava pedofilia pela web. Foram mais de 190 acusados. E claro como símbolo do grupo estava ela novamente a máscara de Fawkes.  Ultimamente o grupo tem falado bastante em seu site oficial sobre a campanha presidencial de Hillary Clinton. Assista o vídeo feito por eles

No fim do post ainda a uma citação deles no fim que diz:

We are Anonymous.                         
We are Legion.
We do not forgive.
We do not forget.
Expect us.

Nós somos anônimos.
Nós somos Legião.
Nós não perdoamos.
Não esquecemos.
Espere-nos.

Até no lançamento do filme oficial houveram revoltas dizendo que tudo foi deturpado. Já que a própria Warner atrasou o filme que seria lançado no dia 4 de novembro. Nasceram grupos de grande impacto social e de ideias claramente inspiradas na Anarquia e no ideal de V.

“V de Vingança é praticamente um manual da ação política não convencional, entretanto o núcleo romântico do filme não poderia ter um enredo mais tradicional, romancista, convencional ou puro. No início “V” está totalmente mergulhado nos seus planos de vingança e de revolução, quando Evey aparece em sua vida, e ele se apaixona reciprocamente. “

Essa visão romântica não era bem o que os fãs dos quadrinhos esperavam.

Deixando você pensar nessa homenagem do Panda, se lembre do 5 de novembro.

Deixe uma resposta