Ditos populares que você acha que fala certo… Mas não é beeeem assim!

Com certeza você conhece alguém que adora falar aquele dito popular que todo mundo conhece, pior é que pensa que ta arrasando e dando uma aula de cultura, porém nem sempre esta falando da forma correta, confira alguns dos erros mais comuns cometidos nos ditados e escape desta situação:

“Batatinha quando nasce, se esparrama pelo chão!” Sério que já viu uma batata se esparramando pelo chão? Tem alguma batata que nasce na arvore que não to sabendo? O correto é: “Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.”

batatinha

 

“Quem não tem cão, caça com gato!”, claro, faz todo sentido, gato é um animal que adora obedecer e ajuda bastante na caçada, pois adora caçar em grupos, #SQN. Gato é individualista por natureza, então o correto é: “Quem não tem cão caça como gato!” Ou seja, sozinho!

Nobody-puts-kitty-on-a-leash-Imgur

 

“Cor de burro quando foge.” Agora burro é camaleão para mudar de cor? O correto é: “Corro de burro, quando foge.”
NVZ8Z2LRXLl64-64

 

“Quem tem boca vai a Roma!” Ta bom, esse ta desculpado, pois ainda faz algum sentido, pois pode ser interpretado que quem se comunica chega a qualquer lugar, porém se pensa assim está errado, faz sentido? Sim. Ta certo? Não. O correto é: “Quem tem boca vaia Roma”
vai-a-roma

 

“São ossos do ofício” ? Como assim? Trabalha em um cemitério ou algo do tipo? O correto é: “São ócios do ofício!” Faz beeeem mais sentido não?
RIP

 

“Esse menino não para quieto, parece que tem bicho carpinteiro.” Tem o que? Não conheço tal anima, até porque o correto é: “Esse menino não para quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro.”
bichocarpinteiro

 

“Hoje é domingo, pé de cachimbo.” Cachimbo da em pé desde quando? O.o!!! O correto é: ” Hoje é domingo, pede cachimbo.” De pedir, “saca”?pe-de-cachimbo

“É a cara do pai cuspido e escarrado”. Tipo WTF? que sentido isso faz? O correto é: ” É a cara do pai esculpido em carrara”. Sim, Carrara é um local na Itália onde se extraí um belo mármore, por este motivo este mármore foi batizando assim e é um dos mais nobres do mundo.

carraraparla

“Essa dá mais que chuchu na serra”. Nada impede de alguém plantar chuchu na Serra, mas o correto é: “Essa da mais que chuchu na cerca.” Afinal, é onde se planta o chuchu.
chuchu-na-cerca-550x413

E aí? Aposto que ao menos um já falou errado não?

 

Espero que tenham gostado, agora só curtir a página ali do lado e ficar por dentro das novidades do site!!

Abraço do Panda!

200

Gênio, bilionário, playboy, filantropo.

Junior Ledra

Gênio, bilionário, playboy, filantropo.

8 comentários em “Ditos populares que você acha que fala certo… Mas não é beeeem assim!

  • 16 de abril de 2015 em 11:29
    Permalink

    “Ossos do ofício” faz mais sentido pois significa as dificuldades inerentes a qualquer profissão, sendo justamente neste sentido que a expressão é usada.

  • 17 de abril de 2015 em 07:18
    Permalink

    “Ócio” é descanso, de onde vem “ocioso”.’ o termo vem do latim ‘otium’ (ócio. descanso, repouso). Toda expressão popular tem um trocadilho, que acaba desaparecendo ou se confundindo com outro termo semelhante. Neste caso, “descanso” (ócio) contrapõe-se com “trabalho” (ofício). A expressão se aplica aos casos em que um árduo ofício traz benesses, descanso etc.

    O Prof. diz: “Vou viajar em março e em dezembro”. O aluno se espanta: “Pô, Prof., duas férias”? Não, em março é licença-prêmio”. – Mas é descanso, não é? – É, mas “são Ócios do ofício”. Ou seja: são os prazeres, descanso, benefícios (ócio) que um árduo ofício (trabalho) oferece.

  • 19 de abril de 2015 em 22:57
    Permalink

    Na verdade nenhum destes ai que voce postou está certo, o correto é o original, alguem alterou para estes bobos e sem sentido, se voce pesquisar verá que nunca houveram algum outra sentido original.

  • 20 de maio de 2016 em 14:15
    Permalink

    “Hoje é domingo, pé de cachimbo.” Cachimbo da em pé desde quando? O.o!!! O correto é: ” Hoje é domingo, pede cachimbo.” De pedir, “saca”?
    (COMO SE O RESTO DA MUSICA FIZESSE ALGUM SENTIDO ANYWAY)

    hahaha, mas gostei

  • 25 de maio de 2016 em 13:37
    Permalink

    Concordo com o colega que disse: “Ossos do ofício” faz mais sentido pois significa as dificuldades inerentes a qualquer profissão, sendo justamente neste sentido que a expressão é usada. “Ócios do ofício” foi muita forçação de barra… 😉

  • 6 de outubro de 2016 em 14:24
    Permalink

    Antigamente utilizava-se pó de tutano para obter o tom alvo das folhas de ofício. O tutano é uma substância encontrada no interior dos ossos e era conhecido por suas propriedades alvejantes. Como esse processo de branqueamento era lento e trabalhoso, convencionou-se chamar de “ossos do ofício” toda e qualquer atividade que oferecesse alguma dificuldade para o exercício pleno de uma profissão.

    Fonte: http://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/origem-do-termo-ossos-do-oficio.html

    E agora?

  • 7 de março de 2017 em 09:53
    Permalink

    Gostei dos esclarecimentos, a final em todos tem cultura….
    Mas o último, é pura cultura e pesquisa, amoooo…

  • 25 de julho de 2017 em 13:26
    Permalink

    Gostei muito ! É sempre bom aprender!!!

Deixe uma resposta